Seripa 7 vai mandar motor da aeronave que caiu em Manaus, para ser analisada fora do Estado

18/07/13 – O chefe da seção de investigação do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa 7), capitão Felipe de Figueiredo Marques informou nesta quarta-feira (17), que o motor da aeronave que caiu no Aeroporto de Manaus na última terça-feira (16) será enviado a uma oficina homologada pelo órgão, em São Paulo ou em algum estado da região Centro-Oeste do país, para uma análise minuciosa. “Vamos buscar o apoio de um engenheiro para compor a comissão de análise. Toda vez que um acidente ocorre no Brasil é feito uma notificação internacional de acidente. Vamos solicitar ao fabricante do motor um representante para acompanhar o processo”, afirmou.

Entretanto, não há prazo para a conclusão das investigações do acidente, nem para a  divulgação do laudo de vistoria da peça do bimotor.

Segundo Marques, tudo depende da disponibilidade da oficina, levando em conta a complexidade da ocorrência, uma vez que a aeronave não possuía gravação dos dados ou voz. “Já estão sendo analisadas as filmagens do local do acidente pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e também as entrevistas com as testemunhas, entre elas os sobreviventes, que serão entrevistados, conforme forem se recuperando.”, adiantou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *