Morre mais uma vítima do acidente aéreo ocorrido no início da semana, em Manaus

19/07/13 – Aumenta o número de vítimas fatais do acidente aéreo ocorrido, no início da semana, no aeroporto internacional Eduardo Gomes, em Manaus.  O advogado Édson de Oliveira Parron, de 33 anos, é o quarto ocupante da aeronave a morrer.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o advogado, que era assessor jurídico da Prefeitura Municipal de Apuí, Interior do Amazonas, morreu à meia noite desta sexta-feira (19). O corpo chegou ao IML, que confirmou a informação do óbito, às 3 da madrugada.

Édson de Oliveira Parron tinha ficado com mais de 90% do corpo com queimaduras, decorrentes da explosão e incêndio da aeronave e, apesar de todos os cuidados médicos que recebeu, ontem, o estado de saúde dele acabou se agravando e o advogado não resistiu aos ferimentos.

As outras vítimas ainda internadas, Adonai Campos e Vanessa Guedes, respiram por meio de aparelhos e têm a pressão arterial controlada por medicamentos.

A aeronave Beechcraft Baron – PR-OKK, de propriedade da Construtora e Transportadora Pioneiro (Cotrap), caiu na última terça-feira (16), após decolar do aeroporto Eduardo Gomes, e explodir.

No acidente, morreram o fiscal do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), Aurélio Somonetti, o piloto, Elso Miguel Carneiro da Silva, e o empresário Messias Alencar Neto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *