Justiça de termina soltura de ex-ministro Milton Ribeiro

Cerimônia de posse do ministro da Educação, Milton Ribeiro.

O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1 ), ordenou a soltura do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro e dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura.

Os três foram presos pela Polícia (PF), no inquérito da operação “Acesso Pago”, que investiga de um “balcão de negócios” que liberava recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O desembargador atendeu a pedido da defesa de Milton Ribeiro, aina na noite dessa quarta-feira (22). Em sua decisão, Belo afirmou que nada indicava a necessidade de prisão preventiva, já que os fatos envolvem acontecimentos passados e que Ribeiro está fora dogoverno.

Para o magistrado, o ex-ministro não representa risco à ordem pública ou econômica que justifique a detenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *