Matérias

Theresa May trata atropelamento em Londres como terrorismo

Van avançou sobre fiéis na região de Finsbury Park, no norte de Londres. Dez pessoas ficaram feridas; suspeito foi preso.

Premiê britânica, Theresa May, visitou local onde van atropelou grupo de muçulmanos, em Londres, na madrugada desta segunda-feira (19)  (Foto: Alastair Grant/ AP)Premiê britânica, Theresa May, visitou local onde van atropelou grupo de muçulmanos, em Londres, na madrugada desta segunda-feira (19)  (Foto: Alastair Grant/ AP)

Premiê britânica, Theresa May, visitou local onde van atropelou grupo de muçulmanos, em Londres, na madrugada desta segunda-feira (19) (Foto: Alastair Grant/ AP)

A primeira-ministra, Theresa May, referiu-se ao atropelamento que terminou com uma pessoa morta e dez feridas perto de uma mesquita em Londres como atentado terrorista. Na madrugada desta segunda-feira (19), um homem jogou uma van sobre um grupo de muçulmanos em Finsbury Park, no norte da cidade. O homem foi contido pela população e preso em seguida.

May afirmou que o suspeito, de 48 anos, que não teve a identidade divulgada, atuou sozinho. “Esta manhã, nosso país acordou com notícias de outro ataque terrorista nas ruas da nossa capital: o segundo deste mês e tão doentio quanto aqueles que vieram antes”, disse ela, segundo a Reuters. “Mais uma vez, o agressor visou inocentes em seu dia a dia”.

May lembrou que o vínculo entre os quatro países do Reino Unido se baseia na liberdade de expressão, de discurso e religiosa. “Nesta manhã, vimos uma tentativa doentia de destruir essas liberdades e quebrar esses laços de cidadania que definem o nosso Reino Unido.”

O motorista jogou o carro sobre fiéis que deixavam uma mesquita à 0h20 (horário local, 20h20 de domingo em Brasília). Durante o Ram

Deixe seu comentário

Rádios

Links

Links

Arquivos

  • Arquivos