Mulheres sauditas poderão frequentar academia de ginástica

Um dos países mais restritivos às mulheres resolveu relaxar uma proibição que era alvo de muitas críticas internas e externas. A partir de agora, mulheres da Arábia Saudita poderão frequentar academias de ginástica no país.

O objetivo, de acordo com nota assinada pela princesa Reema bint Bandar al-Saud, é combater os males provocados pelo sedentarismo e a obesidade, noticiou o jornal “Okaz”. Além de perder peso, as mulheres poderão também praticar musculação.

- Não é minha atribuição convencer a sociedade, mas minha atribução é limitada à abertura das portas para que nossas mulheres tenham uma vida saudável e distante das doenças provocadas pela obesidade e pelo sedentarismo – disse a princesa.

Academias só para mulheres serão abertas até março em Jeddah, Riad, Dammam e al-Khobar. Nos próximos dois meses, seminários serão realizados em várias cidades a fim de incentivar a prática feminina.

Apesar do “avanço”, ainda ficará proibida a participação de mulheres em esportes de competição coletiva, como futebol, vôlei, basquete e tênis. Atlestismo e natação estão liberados pelo reino islâmico.

O país do Oriente Médio está passando por um programa de modernização chamado Visão Saudita 2030. Uma das principais metas da reforma social é aumentar a participação feminina na força de trabalho, chegando a 30% em até 15 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>