Força Nacional entra em ação em Manaus a partir desta quarta-feira

1371083586

Os homens da Força Nacional começam a operar no sistema prisional do Estado do Amazonas a partir desta quarta-feira. Foi o que declarou nessa terça o secretário da Segurança Pública do Amazonas, delegado federal Sérgio. A Força Nacional veio para auxiliar o Estado na contenção da violência nos presídios estaduais

 

Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) fizeram o transporte do efetivo de 99 integrantes da Força. O primeiro grupo desembarcou durante a madrugada. Já o segundo, bem maior, composto por 70 homens, desembarcou no Aeroporto Militar de Ponta Pelada, na zona Sul da capital, por volta de 7 e 45 da manhã da terça-feira (10). Na bagagem, o volume de armamentos de alto poder ofensivo, como granadas defensivas, anti-tumultos e espingardadas e armas calibre 12. Todo o material bélico, que chamou atenção, foi transportado por dois caminhões da Base aérea de Manaus.

No Centro Integrado de Comando e Controle (CIC), o secretário de segurança pública e o comandante da missão da Força Nacional no Amazonas, concederam  entrevista coletiva.

Segundo o comandante da missão da Força Nacional no Amazonas, major Paulo Roberto Siste, os 99 militares do grupamento de elite vão autuar em escala de 23 homens por turno, reforçando a segurança na área dos presídios, localizados na BR 174, zona rural da cidade, na  captura de foragidos e nas barreiras nas saídas e entradas da cidade, principalmente na BR 174.

O secretário da Segurança Pública aproveitou a coletiva para esclarecer o retorno dos 20 presos para a Cadeia Pública Raimundo Vidal, após terem sido transferidos para o presídio de Itacoatiara. Segundo Fontes, a volta dos presos para Manaus foi uma exigência da juíza do muncípio, preocupada com o clima de tensão gerado pela presença deles.

Sobre o retorno das visitas no sistema prisional, pleitada pelos presos, o secretário Sérgio Fontes afirmou que o retorno “só depende dos detentos”.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-AM), até o momento, foram recapturados 73 foragidos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (COMPAJ) e do Instituto Penal Antonio Trindade (IPAT). Mais de 100 presos ainda continuam sendo procurados pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>