14JAN

1. Levantamento de informações das instituições de atendimento ao autismo no Brasil

Fonte: AMA

De acordo com as pesquisas mais recentes, pode-se estimar que 1 milhão de brasileiros possuem algum transtorno relacionado ao autismo.
No entanto, não se sabe quantas destas pessoas estão sendo atendidas, quantos atendimentos são realizados e quem paga por estes atendimentos.

Sua colaboração é fundamental para que estas janelas sejam abertas.

Faça o download do questionário aqui, preencha-o e envie-o para o e-mail campanha@ama.org.br.
Todas estas informações serão enviadas ao Ministério da Saúde para elaboração de políticas públicas para as pessoas com autismo no Brasil.

6 comentários para “1. Levantamento de informações das instituições de atendimento ao autismo no Brasil

  1. monaiza m da silva disse:

    tenho um filho de 5anos com altismo e o tratamento na rede publica e muito conplexo;na rede particular muito caro; nós cuidadores naõ~temos muitas opçaõ se naõ esperar pelo que nunca chegar;um tratamento digno naõ e pedir demais E a certeza que a vida para nossos; filhos amados naõ seja taõ dicil mais doque já é. monaIZA M SILVA

  2. monaiza m da silva disse:

    GOSTARIA QUE OLHASSE MAIS PELOS NOSSOS AMADOS; FILHOS ALTISTAS

  3. Edilce Lopes disse:

    Tenho um filho autista de 05 anos que é minha razão de viver. Mais tento matricular em escolas particulares e muitas praticamente fecham as portas.Fico muito triste com isso pois só quero que meu filho tenha um bom ensino e não estou pedindo favores a ninguem. Fui na Escola Denizar Rivail onde me trataram muito bem mais infelizmente não consegui vagas, dexei telefone se houver desistencia de algum aluno, agora só Deus pode me ajudar. Isso me deixa muito triste mesmo.
    Devereia ter escola especificas.

  4. fatima helena disse:

    tenho uma filha autista..Lais Helena, nunca consegui tratamento para ela. vivo como posso, cuidando e tentando dar o melhor no que se refere à cuidados. Certa vez até entrei em contato com uma instituição, mas nunca obtive resposta alguma. É tudo muito complexo, qdo se diz autismo. Bom! deixa pra lá. o Grau dela é severo, com deficiência mental tbém. No que diz respeito

  5. fatima helena disse:

    Quero deixar aqui registrado o meu ponto de vista. O governo diz que dá isso dá aquilo, no que diz respeito à atendimento etc… Porém, o que muitos querem, é o que ele realmente se quisesse, poderia dar, que é o auxílio LOAS, QUE ELE INSISTE EM DAR APENAS PRA QUEM A FAMÍLIA TEM RENDA MENSAL INFERIOR À 1/4 DO SALÁRIO MÍNIMO. Fala a verdade quem recebe isso, está passando fome, e no que o auxílio LOAS acrecentaría ao autista??? Eu respondo, só serviria pra comprar mais comida apenas. Não acrescentaria em nada o bem estar do autista. Porque veja bem, quem apenas ama o autista é sua mãe, acima de tudo e de todos, agora pense qdo ela morrer, e supomos que este autista não tenha mais nenhum familiar, quem ficará com uma pessoa com disturbio??? Se o autista tem o LOAS, isso contribuiria nem que fosse por interesse, para que alguém ficasse com ele. Estou sendo cruel??? O LOAS DEVERIA SER CONCEDIDO sim ao autista, independente de renda familiar ou não, pois pode ter certeza que muita mãe ficaria satisfeita com esta decisão. Será que alguém consegue me entender???

  6. fatima helena disse:

    Minha filha Lais Helena é autista à 27 anos. Sofri muito pra cuidar dela, porém, se eu tivesse direito ao LOAS, sofreria um pouquinho menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *