Alerta: Óleo de coco pode “fritar” o cabelo no sol; saiba mais

O óleo de coco deixou de ser apenas o produto queridinho para os cuidados com a saúde e passou a integrar também a necessaire de beleza. Usado para hidratar a pele e o cabelo e retirar maquiagem, especialistas alertam que apesar de seus inúmeros benefícios, o óleo não deve ser usado sempre.

naom_589df25a5e1f2

Segundo especialistas ouvidos pelo UOL, o óleo deve passar longe da praia, sob risco de fritar o cabelo, literalmente. “Por ser um óleo, demora para esquentar e, quando isso acontece, também demora para resfriar, conservando o calor por muito tempo”, explica a farmacêutica bioquímica Marcela Buchaim, responsável pelo Spa do Cabelo, do Studio Tez.

A temperatura na praia acaba se intensificando por causa do óleo e o calor em excesso provocado pelo produto acaba com os fios. “Se você está na praia ou na piscina e quer apostar em um método natural de hidratação, a água de coco é uma melhor opção”, pontua a especialista em cabelos Renata Souza, do Spa Dios. Os produtos que substituem os óleos são os protetores térmicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>